Fluorímetro

Fluorímetro FilterMax F5 Multiusuário IMT/FMUSP/USP

O leitor de microplacas FilterMax F5 – Molecular Devices é um fluorímetro concedido pelo programa equipamentos multiusuários da FAPESP (Processo nº 2009/54219-8).

Coordenador

Dr. Heitor Franco de Andrade Jr.
Laboratório de Protozoologia – LIM 49

Localização

Instituto de Medicina Tropical da USP
Av. Dr. Enéas Aguiar, 470 Prédio I, 1º andar – Lab. de Protozoologia

Equipamento FilterMax F5 – Molecular Devices

O FilterMax F5 apresenta absorção (UV e visível), a intensidade de fluorescência – FI (superior e inferior de leitura), brilho de luminescência, a polarização de fluorescência (FP), fluorescência resolvida no tempo (TRF), por 6 – às placas de 1.536 poços.
Além disso, o instrumento possui linear e agitação orbital, para além do controlo da temperatura. Os usuários podem programar ponto final, cinética, comprimento de onda múltipla, varredura linear e área de tipos de medição de digitalização.
Este leitor possui múltiplos filtros que permite realizar a leitura de diferentes fluorescências sendo eles: 535nm, 485nm(polarizado), 485nm, 500nm, 370nm, 525nm, 540nm, 280nm, 320nm, 260nm, 595nm, 620nm, 360nm, 340nm, 405nm, 420nm, 492nm, 450nm, 595nm, 535nm, 535nm(polarizado), 625nm, 535nm, 430nm.

Serviços

Leitura das placas de 96 a 1.536 poços (absorbância, UV e fluorescência)

Agendamento e informações técnicas

Para agendamento e informações técnicas referentes ao equipamento, os usuários deverão entrar em contato com os responsáveis através do e-mail: citometriaimt@gmail.com

Procedimentos e Regras de Utilização

REGRAS PARA UTILIZAR O EQUIPAMENTO FILTERMAX F5 – MOLECULAR DEVICES

  1. Os agendamentos dever ser feitos pelo sistema SKYNET no site http://intranet.imt.usp.br/ ou pelo email citometriaimt@gmail.com
  2. Cada usuário é responsável por todo o protocolo e reagentes de suas marcações.
  3. Utilizar os Equipamentos de Segurança Individual (EPIs), necessários durante a permanência na sala do equipamento;
  4. Trazer pendrive ou CD para gravar os dados brutos referentes ao experimento;
  5. Somente é permitido utilizar o equipamento para a captura dos dados. A posterior análise deverá ser feita pelo próprio pesquisador.