Jornada do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

 

Segurança no Campi USP – Prevenção é importante dentro e fora do Campus

Superintendência de Prevenção e Proteção Universitária

Acertadamente, o modelo de segurança adotado na USP é baseado numa estrutura que não dispõe de ferramentas administrativas legais que possam restringir as liberdades constitucionais das pessoas que integram ou não o espaço universitário. Foi construído com a observância dos pilares previstos em nossa Constituição Cidadã e será preservado.

Esta estrutura se baseia em duas forças motrizes principais, a participação de um extenso corpo de vigilância particular, contratado para fazer frente às necessidades de proteção patrimonial e de um quadro de funcionários próprios composto por Agentes de Vigilância e Vigias orgânicos.
O propósito da Superintendência de Segurança é criar condições que possibilitem a participação de todos os interessados na construção de uma cultura de paz. A participação de alunos, professores, funcionários, sindicato, agremiações e outros stakeholders é necessária e imprescindível para que a percepção de segurança seja melhorada.

O projeto se baseia em ações primárias que se destinam a resguardar a tranquilidade, salubridade e a segurança na USP. Não serão adotadas, em nenhuma hipótese, ações secundárias, mesmo porque não se dispõe de embasamento legal para este mister.

Considerando o estado democrático de direito, pauta seu projeto em princípios teóricos comunitários e em princípios democráticos, direcionando suas ações para a inclusão de todos no processo de melhoria da percepção de segurança, na solidariedade humana e na relação do indivíduo com o meio ambiente natural ou artificial.

Este projeto leva a uma forma de gestão que não privilegia as práticas reativas, mas sim, a todas as formas de prevenção. Passaremos do período de “ideia da força” para a “ideia de serviço” prestado com qualidade, com ética e moralidade, bem como alicerçado em exemplos de sucesso e em modernas técnicas de prevenção.

A Superintendência de Segurança desenvolverá uma série de ações que devem integrar um projeto de prevenção e proteção universitária denominado “UNIVERSIDADE SEGURA”. Este projeto, entretanto, depende da participação da comunidade uspiana para sua construção em todos campi e será capaz de criar oportunidades para que a cultura de paz seja definitivamente instalada na USP.

Prof. Dr. José Antonio Visintin
Superintendente de Prevenção e Proteção Universitária

Aplicativo Móvel de Segurança
Cartilha de Cuidados de Segurança USP

 

ZIKAlliance Kick-off Meeting in Brazil

Hosted by University Sao Paulo Medical School at the Centro de Convenções Rebouças ZIKAlliance, the multinational and multidisciplinary consortium coordinated by Inserm, the French National Institute of Health and Medical Research, and created in response to a Horizon 2020 funding call by the European Commission’s Directorate-General Research and Innovation, has officially started its activities with the kick-off meeting held in Brazil over the 4th and 5th December 2016.

The consortium, which gathers 52 institutional partners located in 18 countries, has met for the first time in São Paulo, Brazil, to coordinate and plan its working activities over the next 3 years. Over this timeframe, ZIKAlliance aims to link large observational multicentre cohort studies with basic scientific research to focus on three key objectives: understanding the impact of Zika virus infection during pregnancy and identifying short and medium term effects on newborns; tracking and documenting the natural history of Zika virus infection in humans and their environment in the context of other circulating arboviruses; building the overall capacity for preparedness research for future epidemic threats in Latin America and the Caribbean in collaboration with ZIKAction and ZikaPLAN.

To meet its three key objectives, ZIKAlliance has been organised in 9 work packages ranging from basic science, study of animals to establish if they carry Zika virus through to clinical research, with a focus on diagnostics and the social impact of Zika on the community.

In addition this consortium will join together in the fight against Zika with another 2 European Commission funded projects; ZIKAction and ZikaPLAN. Key areas for collaboration have been identified in the areas of harmonization of study protocols, the sharing of data, a common preparedness network (REDe), governance and common communication needs.

During the meeting each work package leader and co-leaders had the possibility to present and discuss their research agenda and future workplans. All efforts will be made to ensure good communication across the work packages to facilitate an efficient research response.

This work is supported by the European Union’s Horizon 2020 research and innovation programme under ZIKAlliance grant agreement No 734548.

For more information about ZIKAlliance or ZIKAlliance’s activities, please contact Xavier de Lamballerie (Scientific Coordinator) at xavier.de-lamballerie@univ-amu.fr or phone: +33 491324420; or Flavia Mariani (Project Manager) at flavia.mariani@zikalliance.eu or phone: +33 491324412.

 site: https://rede.tghn.org/

 

Dia Mundial de Combate ao HIV/AIDS ADEE 3002 2016

retrovirus-1116

 

Pit-Trop – Programa de Integração Tropical

Da Assessoria de Comunicação do IMT

O PIT-TROP – Programa de Integração Tropical promove, no dia 02 de dezembro, o seminário Understanding West Nile Virus Infection using our RNA-seq solution.

O evento integra a série de Seminários de Integração Acadêmica, do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Medicina Tropical (IMT).

O seminário acontece às 10 horas, no Anfiteatro Mario Camargo do IMT.

O evento é gratuito, sem necessidade de inscrição prévia.

 

Deferimento das Inscrições para a Eleição de escolha do(a) Presidente e Vice-Presidente do CPE-IMT

A Diretora do IMT/USP, de acordo com o parágrafo único do art. 3º da Portaria IMT 02/2016, informa que foi deferida a inscrição da chapa única para a eleição para escolha do Presidente e do Vice-Presidente da Comissão de Pesquisa e Ética.
A chapa é composta por:
Presidente: Prof. Dr. Jorge Simão do Rosário Casseb
Vice-Presidente: Prof. Dr. Expedito José de Albuquerque Luna.

A eleição do Presidente e do Vice-Presidente da CPE ocorrerá na reunião do Conselho Deliberativo, a ser realizada em 14/06/2016.

 

PRCEU – Chamada para Feira de Profissões em Pirassununga

feira-profissoes

Com edições itinerantes nos campi do interior do estado, a Feira USP e as Profissões será realizada esse ano em Pirassununga 
Em sua 14ª edição, a Feira USP e as Profissões
 é uma iniciativa da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo destinada a estudantes do ensino médio e de cursos preparatórios para o vestibular e conta com duas edições anuais, sendo uma na capital e outra em um campus do interior, em esquema de rodízio.
O objetivo é ajudar os jovens estudantes na tarefa de escolher uma profissão. Este ano, a feira do interior ocorrerá em Pirassununga nos dias 5 e 6 de maio e a participação é gratuita mediante inscrição prévia.
Mais informações no link – http://prceu.usp.br/uspprofissoes/

Local
Campus Fernando Costa – USP/Pirassununga 
Av. Duque de Caxias Norte, 225 | Campus Fernando Costa | USP CEP 13635-900 | Pirassununga/SP

Faça as inscrições aqui: http://prceu.usp.br/uspprofissoes/
PRCEU-ATD

 

USP promove nos dias 17 e 18 de outubro a Virada Científica 2015

USP promove nos dias 17 e 18 de outubro a segunda edição do evento, que leva ciência à população de modo lúdico e informal. Ação acontece na Cidade Universitária e outras unidades, além do interior de SP

Acontece nos dias 17 e 18 de outubro, sábado e domingo, a segunda edição da Virada Científica. Trata-se de um grande evento promovido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP, e que apresenta programação com mais de 150 ações só na cidade de São Paulo, além de outras atrações nos campi da USP no interior.

A maior parte será concentrada na Cidade Universitária, que terá atividades e palestras dentro das unidades e também um espaço central montado na Praça do Relógio. Com o tema “Vila da Virada”, esse espaço vai resgatar a relação entre ciência e a ocupação da cidade, propondo novos olhares para os temas urbanos que nem sempre têm sua relação com a ciência lembrada pelas pessoas.

Um exemplo é o skate, que estará presente no local em atividades lúdicas e palestras como “A half pipe perfeita”, proferida pelo professor do Instituto de Matemática e Estatística Eduardo Colli, que também coordena a Virada Científica.

Também na Vila, haverá palestras (“Mobilidade Urbana não motorizada”, “A Arte e a Rua”, “Sexo, Química e Poder”, entre outras, todas com pesquisadores e professores da USP ou convidados especiais), oficinas de ciência do projeto Arte & Ciência no Parque, oficinas de biologia (biodiversidade, extração de DNA e outros), exposição sobre doenças negligenciadas, ginástica artística e oficinas de circo.

Eduardo Colli afirma que “este enfoque da Vila da Virada procura contribuir com uma discussão bastante atual sobre o uso da rua, propondo trazer a visão da ciência sobre o espaço público, de forma interdisciplinar”.

Eduardo reforça que “não se trata propriamente de um tema da Virada como um todo, pois as atividades e palestras buscam ir além, incluindo abordagens sobre saúde, curiosidades, qualidade de vida e fenômenos da natureza”. Dentro da Vila da Virada, uma praça de food trucks estará montada especialmente para o evento.

Virada Científica 2015